Stranded Heart, parte 2

por Guilherme Silva em terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Porque sou galhofeiro e pouco sério, no meu ultimo post neste blog apresentei uma letra fictícia, de uma música fictícia, de uma banda também fictícia. Stranded Heart é o seu título.
Admito que não me saí como esperava com aquele post. Tencionava acima de tudo demonstrar a todos aqueles que durante meses publicaram no blog letras de músicas românticas em inglês, que estas eram tão boas quanto algumas do Tony Carreira, só que em inglês. Não quero com isto dizer que as letras publicadas anteriormente neste blog são más, mas apenas que as letras do Tony Carreira se calhar não são assim tão más também. Apenas em português…
Pois é, Stranded Heart não passa afinal de uma tradução quase literal da música Coração Perdido de Tony Carreira. Devo admitir que quando a publiquei esperava ter pelo menos uns 4 congratulantes comments, além dos fictícios da Daniela e Inês, a quem desde já agradeço. Mas ainda assim sinto-me no direito de perguntar: o que tem a letra da Take my Breath Away dos Berlin que a Coração Perdido não tenha? O que tem a letra da Careless Whisper do George Michael que a Coração Perdido não tem? O que tem a letra da True dos Spandau Ballet que a Coração Perdido não tem? Nada. Todas são românticas, com alguma sonoridade e, acima de tudo, são lamechas. E no entanto, porque é que se disser que ontem à noite fiz o amor ao som da Careless Whisper todos me intitulariam de “inveterado romântico”, enquanto que se o tivesse feito ao som da Coração Perdido não passaria de um emigrante com o sonho de um dia chegar a pequeno autarca?
Se calhar estamos errados nisto da música. Ou se calhar é o Tony Carreira que é muito fraquinho…
Já que falo do horror exacerbado que temos ao que é português, porque não falar também da Luciana Abreu. Sim, aquela cantante, tornada actriz, tornada sex-symbol, tornada alvo da chacota fácil. Como é possível alguém que idolatra o Tom Cruise, tem o CD do Gary Gliter na aparelhagem e o poster da Paris Hilton no quarto, dizer que a Luciana Abreu é uma vendida, badalhoca, com ideias muito erradas sobre Deus e a religião? Apesar de ter algumas boas músicas, Gary Glitter não deixa de ser um horrível pedófilo. Apesar de rica e muito bem-parecida, Paris Hilton não deixa de sim, ser uma badalhoca vendida. E apesar de ser um excelente actor (porque é, acreditem) Tom Cruise não deixa de ter umas ideias muito erradas e estranhas sobre Deus e religião, muito estranhas mesmo. E que têm afinal estas três estrelas que a Luciana Abreu não tenha. Falam inglês, deve ser isso.
Por fim, devo esclarecer que não gosto das músicas do Tony Carreira, tão pouco das da Luciana Abreu. Devo esclarecer que adoro as três outras músicas que citei, e uma até é o meu toque de telemóvel. Gosto de imensos filmes com o Tom Cruise, e a aparelhagem com o CD do Gary Glitter podia ser a minha. Também já vi o cinema de autor que Paris Hilton co-realizou. Simplesmente não os acho melhores ou piores que os dois astros portugueses. Talvez piores.
São artistas…

9 comentários

tens toda a razao. parece que é pecado aquilo que é portugues ser bom.

by Tiago Ramalho on 6 de janeiro de 2009 às 19:45. #

bem, tony carreira tem uma letra como as dos bon jovi. e os bon jovi são maus, portanto acho que consigo manter sempre o mesmo parâmetro. mas sim, normalmente coisas equivalentes, são piores classificadas só porque são portuguesas.

by Daniela Ramalho on 6 de janeiro de 2009 às 20:55. #

Como te disse, não estás a dizer nada que seja novo... infelizmente.
Somos um povo "super, hiper, mega" nacionalista...

by Luísa on 6 de janeiro de 2009 às 21:02. #

a diferença é que em inglês soa bem. deve haver algo na fonética das palavras inglesas que as torna mais fáceis de ouvir e aceitar.
parece bacoco dizer "eu amo-te" ou "eu amo chocolate". no entanto, em inglês estas expressões ficam muito mais fáceis.

by Manuel on 6 de janeiro de 2009 às 22:38. #

Nunca levei nenhuma rapariga para a cama com um "i love you", e há raparigas bem faceis...

by Guilherme Silva on 6 de janeiro de 2009 às 23:59. #

é porque ainda não experimentaste.
ao que parece, é garantido.
só não experimentes isso com ninguém que eu conheça.

by Manuel on 7 de janeiro de 2009 às 03:22. #

Conheces raparigas fáceis e não mas apresentas?

by Guilherme Silva on 7 de janeiro de 2009 às 15:19. #

È fantastico como eu quando era mais pequeno via raparigas apaixonadas pelos Back street boys (e no fundo talvez gostassem da musica deles) mas nao gostavam das musicas dos excesso e companhia, que no fundo eram as musicas dos back street boys traduzidas para portugues.

Realmente ha uma cruzada contra o que é portugues... Reparem... os artistas portugueses que cantam em ingles vendem muito mais que os artistas portugueses que cantam em portugues (exepçoes do quim Barreiros[que por acaso deveria ser giro ouvir em ingles] Tony carreira, e da banda actual dos morangos com açucar que sao 4 gajas(por sinal bastante fraquitas) ja nao sei o nome..

Ps.. Guilhas nao vás nos conselhos de amor do GARANHÃO Male Whore Manel.... senão... ui ui... ainda és capaz de emagrecer 10 kilos com tanto sexo

by Canoas on 7 de janeiro de 2009 às 15:55. #

Acho que não me importava de perder 10 quilos.
De facto, acho que tal me ajudaria a recuperar o poder de aceleração que em tempos tive...

by Guilherme Silva on 7 de janeiro de 2009 às 19:29. #