por Ana Teixeira em segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Annie Hall é um das obras mais conhecidas (senão a mais conhecida) de Woody Allen. Produzido em 1977, veio revolucionar a mentalidade dos anos 70, exercendo grande influencia na mentalidade da época. É incrível como a personagem de Annie Hall introduz uma nova luz no paradigma do Homem moderno, preso no caos de uma cidade como Nova Iorque.

Crítica social, sátira, Paranóia, Loucura, um toque do elemento ridículo e uma enorme necessidade de diferir de todos os outros. É esta a combinação que marca o espírito do filme, o que nos leva a concluir que a alienação social não é algo que deva ser combatido mas antes algo que deve ser aproveitado, que encaixar num molde é algo que não faz sentido porque a creta altura deixa de haver molde. Apesar de este sentimento de apologia do absurdo estar presente um pouco por muitos dos filmes de Allen podemos afirmar, na minha opinião, que este é único no seu género e que o facto de ser um dos filmes mais conhecidos de sempre nunca será motivo para que seja identificado como convencional ou mesmo comercial, mas essa questão está ao critério de cada um...

Enfim, para os que gostem e para os que tolerem, aqui vai um extracto (próx post)

Um comentário

Por acaso, é dos filmes do woody allen em que mais gostei da neurose da sua personagem :)

by Daniela Ramalho on 5 de outubro de 2010 às 01:01. #