A Nova Extrema Direita ...

por Zenhas Mesquita em quarta-feira, 14 de abril de 2010

5 comentários

mas há alguma coisa de extremo nisto?

by mpr on 14 de abril de 2010 às 23:01. #

mas o que é que há de extremo nisto?

by mpr on 14 de abril de 2010 às 23:02. #

O facto de seres “vítima”da manada da faculdade deve ser mesmo pela tua questão, mas louvo a tua coragem em saíres desse armário ideológico. Para ti, estas afirmações serão o mais natural do mundo (ou poderão não o ser, não sei), para mim, revelam a ponta do Iceberg da mais recente onda de Ódio e Patriotismo de Extrema-direita nos EUA, mas quem sou eu? Cada um entende a politica como bem acha.

by Zenhas Mesquita on 15 de abril de 2010 às 01:04. #

pelo que eu li nesse texto, o homem limita-se a comprovar as falácias do majority rule e a importacia que a lei fundamental de um país tem, superior aos impulsos das massas, dos demagogos e dos políticos.

isto é extrema direita?
coisa mais populista e massificada que a extrema direita não há.
isto é um discurso conservador, na minha opinião.
vê-se isso na defesa de um juramento a um texto legal, em vez de ser um juramento a um político, a um grupo de interesses.

eu não vejo nada de extremo nisto. este homem limita-se a citar os Pais Fundadores da América, a compreender o que eles escreveram e disseram, e outros escritores que viam nas massas um elemento iracional a ser utilizado por oportunistas, como Burke, ou Ortega y Gasset.

Se achas que Jefferson, Hamilton, Madison, Burke e Ortega são de extrema direita, espera até leres o Mein Kampf...

by mpr on 15 de abril de 2010 às 17:04. #

Caro Manel, tens toda a razão. Vejo que aprendeste bem a lição do Arroja e que também já consegues deturpar umas coisitas por ti. Quando eles no próximo aniversario da Segunda Emenda forem todos para Washington mostrar as suas armas, certamente estarão com faixas do Ortega … Alias para ti os senhores do Hutaree também são fieis seguidores do Jefferson, Hamilton e Madison. Já tiveste a oportunidade de ler algum deles? É que pelo que sei, eles não defendiam muito bem a mesma coisa, se bem que eu não possua a eloquência do teu amigo Robespierre, acho que ele já te falou um pouco sobre eles, escusando-me eu aqui de o repetir, embora que aplicando à questão em concreto. A não ser que te refiras ao Jefferson Davies, acho que te ias rever muito nas ideias que ele defende. Alias, para isto ficar ainda mais pomposo vou também citar uns nomes fixes que apoiam totalmente o que eu digo, ora vai: Huey Long, Father Coughlin, para ser um pouco mais ousado, Glenn Beck e ainda a sempre nossa amiga Sarah Pallin. Pronto, acho que assim já chega.

by Zenhas Mesquita on 16 de abril de 2010 às 02:11. #