Quero ser Gaivota!

por Claudisabel em terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Quero ser gaivota..

Quero ser como a gaivota sobrevoando o mar

Quero possuir a sua tranquilidade e inconsciência

Quero viver do seu instinto e da sua sagacidade

Quero sê-la não o podendo ser, humildemente!



Ah! Gaivota do Mar meu!

Do Mar que Me conquista

Do Mar da minha Terra!!!



Mar que Me abraça

Mar que Me limpa as lágrimas

Mar que visito em horas de alegria e tristeza

Mar que sobrevoo e onde Me afundo…



Procuro em Ti aquela Calma

Aquela Suavidade

Aquela tranquilidade

Aquela maresia em dia repleto de Sol

Que só o Meu Mar

O Mar da terra já cantada

Tem o dom de dar!



Quero ser a sua brancura, transparência

Encarar o Atlântico sem medo

Mover-me em linhas tortas no ar

E manter-me recta

Quero ser essa Gaivota

Quero casar com o mar

O sal da Água Amar



Quero ser menina – criança

Já que sou gaivota sem esperança

Já que sou a gaivota sem o mar…