#41 às terças

por TR em terça-feira, 5 de janeiro de 2010

(Continuando a ver o direito sob óptica literária)
"Berkeley, Califórnia. Três anos de Direito. A ideia era fazer alguma coisa de bom pelos outros, trabalhar com os pobres, os oprimidos, envolver-me com os humilhados e os invisíveis e tentar defendê-los contra as crueldades e a indiferença da sociedade americana. Mais um capítulo de nobres bazófias? Alguns pensarão que sim, mas eu nunca senti as coisas dessa maneira. Da poesia para a justiça, então. Justiça poética, se quiseres. Porque a triste verdade é esta: há no mundo muito mais poesia do que justiça."
Paul Auster, Invisível, Edições Asa, Alfragide, 2009, p. 68

2 comentários

adorei...

by Francisco on 5 de janeiro de 2010 às 22:41. #

o que li dele parecia ter uma escrita mesmo diferente desse :p curioso

by Daniela Ramalho on 6 de janeiro de 2010 às 01:49. #