os fogachos

por Francisco em terça-feira, 6 de outubro de 2009

... passaram a ser à terça feira, na companhia de tão ilustre companheiro de redacção.

E hoje, o fogacho é ainda menos do que isso.
É um sonolento crepitar, um novelozinho de luz. Luz pouca, que o espírito não está para mais...
Anseiam-se labaredas. A mansidão desta chama dócil só engana quem não sente o calor rosando o rosto... só engana quem não sabe o quanto queima.
Labaredas, água. Venha uma delas.

Um comentário

Venham "os fogachos" "às terças"!

by Tiago Ramalho on 7 de outubro de 2009 às 09:28. #