O Belicista

por Duarte Canotilho em sexta-feira, 17 de abril de 2009

The Big Push

Lá estavam eles.... Sujos, suados, com a lama até aos joelhos. A chuva caía nos capacetes com bastante intensidade; O nevoeiro, esse ocultava tudo para além de 2 metros da trincheira.
O medo. Esse percorria os corações até dos mais bravos. o cheiro a morte constante lembrava-os do que os esperava em poucos momentos. O ribombar constante dos canhões nos ouvidos, o gritar de dor do companheiro ao lado, os estilhaços que passavam rente aos soldados, as metralhadoras constantemente a disparar.... E de repente... O silêncio.

A silêncio percorreu todo o campo. Os canhões pararam, as metralhadoras silenciaram-se, os gritos são abafados... Só a chuva não permanece em silêncio...
O silêncio prolonga-se.....
A guerra acabou pensam os menos experientes Mas não.... O medo de uns torna-se mais intenso, o palpitar acelarado, constante, dos corações é como que uma droga que nos impede de respirar; o tremer do medo confunde-se com o tremer gélido da àgua...
E de repente... O apito enche a trincheira
E lá foram eles
E o barulho voltou
Ninguem voltou