Os segredos não existem

por D. em sábado, 18 de outubro de 2008

Um dia, todos seremos incapazes de voltar a ver a luz do sol. Nesse dia, outros vão abrir as nossas caixas de memórias e descobrir todas as palavras que deixamos em papel. Vão ler todas as notas que tiramos nos livros que decidimos ler e cujas histórias deixamos um pouco para nós. Vão ver as fotografias dos álbuns e procurar atrás apontamentos auxiliares de memória. Remexer nos cd’s e ler todas as palavras de ofertas, ou procurar alguma coisa que indique que estava ali uma canção que era mais do que todas as outras. Nas gavetas vão tentar encontrar os diários, os semanários ou os mensais da nossa vida e lerão alto, enquanto comentam com os outros todos os segredos da nossa vida. E vão chorar, ficar desiludidos ou simplesmente ficar na mesma, contentes por não ter descoberto que afinal vivemos uma vida dupla.
São as pegadas que ficam para trás, impossíveis de apagar pela chuva e que um dia irão ser os segredos que afinal nunca conseguimos guardar. Porque os segredos não existem.

3 comentários

Tem piada escreveres um post sobre isso...o simples 'mexerem nas minhas coisas' e' um pensamento que ja angustia muita gente. E mexerem nas minhas coisas quando eu ja nao estiver ca para dizer de minha justica em relacao ao que possa ser dito ou pensado em relacao a mim? E' estranho e angustiante. So, let's not think about it. Mas la que os segredos nao existem, ou, pelo menos, nao sao eternos, ai isso nao sao. E a verdade e' que toda a gente tem os seus :)

by Pipette on 18 de outubro de 2008 às 17:41. #

Há segredos que vão connosco. Aqui está um que já não o será: cada vez gosto mais do que tu escreves.

by Pedro Ary Ferreira da Cunha on 18 de outubro de 2008 às 20:45. #

Claro que os segredos existem... Nascem connosco em noites embriagadas em Las Vegas ou Chaves, e vão connosco pa cova.
Quanto a toda a ideia de nos mexerem as coisas quando já não cá estamos, não é segredo que também me faz alguma espécie.
Mas por outro lado, quantos de nós não vamos ser considerados génios postumamente? :D

by Guilherme Silva on 19 de outubro de 2008 às 21:30. #