A Mim Ninguém me Cala: Para onde vamos?

por Pedro Silva em quarta-feira, 8 de outubro de 2008

O presidente da Venezuela defendeu sexta-feira em Lisboa a necessidade de se «rever a arquitectura económica mundial», admitindo, porém, que o socialismo, por si só, «não é a solução para o fracasso do capitalismo»

Há uns bons meses atrás estava eu a ver atentamente um Documentário sobre a queda da União Soviética, onde se analisavam as razões da sua derrocada Económica e Politica, e a dada altura um conjunto de Cientistas Políticos de nacionalidade Alemã e Americana vem dar graças ao Céus e num tom de Vitória com um V grande pelo facto de o Comunismo ter perdido face ao Capitalismo, como se tudo o que sucedeu desde a construção do Muro de Berlim, passando pela Guerra da Coreia Norte/Sul e terminando na invasão desastrosa do Afeganistão pelos Soviéticos entre outros factos não tivesse passado de um simples jogo onde se estava a ver qual era o País e Ideologia que iria sobreviver, para depois buscar ai as soluções e justificações para os seus Pensamentos Políticos/Ideológicos …

Agora pergunto eu a estes Senhores Doutores de Ciência Politica perante o que tem sucedido neste Mundo onde o tal sistema Capitalista que triunfou perante o Malvado Comunismo o que se está a passar? Como pode um tão perfeito e justo Mundo Capitalista ter dado um colapso tão grande que neste momento além de não saber que rumo político e económico irá tomar, também não tem nenhuma ideologia Capitalista ou Comunista que o safe?

A resposta é nos dada pelo Presidente Venezuelano Chavez que tanta gente odeia por estar sempre do contra mas se o Mundo lhe desse mais vezes ouvidos em vez de suspirar pelos seus poços de Petróleo já teria prevenido esta grave Crise que estamos a passar e que já há muito vem a dar sinais de que tal cenário poderia acontecer (basta recordar a grave crise que deflagrou na Ásia e que depois afectou o Mundo inteiro).

Ou seja, para se governar no Mundo e manter a Paz Mundial e a Humanidade não entrar em colapso tem de se arranjar uma solução intermédia entre a ferocidade e competitividade do Capitalismo e a assistência e solidariedade do Comunismo, não indo nem tanto ao Mar (U.S.A.) nem tanto á Terra (Ex - União Soviética) … Mas isto só será possível quando os chamados “intelectuais” da Ciência Politica deixarem de ser tendenciosos e abrirem os olhos para aquilo que é uma realidade e que é nada mais do que esta: O Mundo está sem rumo e os Srs. não sabem o que fazer dado que a era das Potencias Dominantes já se está a acabar e as soluções estão a morrer com elas.

P.S.: Eu não passo de um simples Ignorante no meio do Mundo feroz dos Pensadores Políticos daí que a minha Critica seja o semelhante ao som do silêncio…
The Blue One