Às terças, quase como acaso

por Tribuna em terça-feira, 30 de setembro de 2008

A escolha, de Bernard Villiers

Todas as cores são belas.
Todas as formas são boas.
Todos os suportes são adequados.
Resta decidir o formato.



Não sei se de cores celestes, desconheço se de idóneas formas, ignoro se de sublime suporte, mas imagino qual formato será. O objecto é o mundo, o sujeito sou eu. E pelo meio chegará a mensagem, como um olhar do eu face ao vário, pretensiosamente ousado, simplesmente inócuo, o leitor dirá. Sem promessas de sonhos mil nem rasgos de ousadia vã, chegará ela sempre às terças, quase como acaso.

Tiago Ramalho

2 comentários

mt bem x)

abraço!

by henriquemaio on 30 de setembro de 2008 às 22:24. #

Estou a ver que isto às terças promete :)

by Pipette on 30 de setembro de 2008 às 23:43. #